Notícias

08/09/2017

A dependência da nicotina é muito intensa e difícil de tratar, mas vale á pena parar de fumar!

A dependência da nicotina é muito intensa e difícil de tratar. Ela leva entra 7 a 19 segundos para chegar ao cérebro. E passa a causar um efeito que poderá levar a danos irreparáveis. Causa dependência física, química e psicológica.

Hoje já são 180 os países que assinaram um tratado internacional de saúde pública sobre o controlo do tabagismo que entrou em vigor em 27 de Fevereiro de 2005. Trata-se da Convenção Quadro para o Controlo do Tabaco (CQCT). Esta nova postura, fez com que o fumo não mais fosse visto como uma coisa boa, como era anteriormente, colocada em campanhas publicitárias, onde o mocinho e o galã fumavam. Hoje nos parece absurdo, mas era assim a oferta feita em algumas peças publicitárias da indústria. Hoje já vemos, nas “carteiras de cigarros”, fotos com os danos causados pelo tabaco.

As ações educativas e de promoção a saúde, fizeram com que os números baixassem. Hoje 10,8% da população brasileira, acima dos 18 anos, são fumantes, enquanto que nos anos 90, este percentual era de 40%, segundo o Ministério da Saúde. Aqui em Alagoas, atualmente, 7,2% da população, acima de 18 anos, são fumantes.

O FUMO CAUSA DOENÇAS CARDIOVASCULARES

O cardiologista Dr. Flávio Augusto Marques Freitas nos chama a atenção, pois cerca de 50% das mortes evitáveis entre indivíduos fumantes poderiam ser evitadas se esse vício fosse abolido, sendo a maioria por doenças cardiovasculares. Ele nos alerta para o risco relativo de infarto do miocárdio que é 2x maior entre os fumantes com idade superior a 60 anos e 5x entre os com idade inferior a 50 anos, se forem comparados com não fumantes. Nas mulheres, seus efeitos deletérios parecem ser maiores, relacionando-se ao metabolismo acelerado da nicotina, com maior relevância naquelas que fazem uso de contraceptivos orais. Dr. Flavio nos chama a atenção, ainda, para a importância da prevenção primordial do tabagismo, que é a prevenção da iniciação de fumar. Cerca de 80% de todos os indivíduos que começam a fumar na adolescência continuarão a fazê-lo na idade adulta, e 1/3 destes morrerá de prematuramente devido a doenças relacionadas ao tabagismo.

Além das patologias citadas ainda precisamos lembrar que o fumo pode causar impotência sexual, complicações na gravidez, úlcera do aparelho digestivo, menopausa precoce, problemas respiratórios e o envelhecimento precoce.

Segundo o INCA, EM 90% DOS CASOS DIAGNOSTICADOS, O CÂNCER DE PULMÃO ESTÁ ASSOCIADO AO CONSUMO DE DERIVADOS DE TABACO.

De acordo com a Dra. Christiana Maia Nobre Rocha de Miranda, radiologista, os protocolos iniciais de rastreamento utilizaram a radiografia do tórax; porém não demonstraram, ao longo de 30 anos, redução nas taxas de mortalidade por câncer de pulmão. A tomografia computadorizada de baixa dose de radiação (TCBD) vem sendo apontada como método mais promissor para rastreamento do câncer de pulmão, segundo dados do NLST ( National Lung Screening Trial), o qual constatou uma redução de 16% na taxa de mortalidade específica com a utilização da TCBD.  De acordo com o NLST, as pessoas com indicação de realização de TCBD seriam adultos assintomáticos, na faixa etária entre 55 a 74 anos, com carga tabágica igual ou superior a 30 maços/ano, que ainda fumam ou pararam de fumar há menos de 15 anos. A TCBD consiste em uma tomografia que emite menor dose de radiação que uma tomografia computadorizada padrão, porém com eficácia muito superior à de uma radiografia do tórax.

Existem programas de apoio ás pessoas que querem e que precisam parar de fumar. Estes programas oferecem acompanhamento com médicos e profissionais que ajudarão nesta importante tomada de decisão.

APOIO MEDICAMENTOSO usado no tratamento antitabaco

Adesivo (reposição de nicotina pura, sem as 4720 substâncias que são dispensadas com a queima)

Cloridrato de Bupropiona ( anti depressivo )

AONDE ENCONTRAR APOIO EM MACEIÓ:

Hospital Universitário- Avenida Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro dos Martins, Maceió - AL, 57072-900

Segundo Centro de Saúde- Praça da Maravilha, s/n - Poço, Maceió

USF Didimo Otto Kummer- R. Projetada, 17 - Benedito Bentes, Maceió – AL

USF Aliomar Lins-  LOT BELA VISTA II, S/N bairro BENEDITO BENTES II,

CAPS ADO - R. Barão José Miguel, 378 - Farol, Maceió